A rinite alérgica é a inflamação do interior do nariz causada por um alérgeno, como pólen, poeira, mofo ou flocos de pele de certos animais. A rinite alérgica ode ser um problema genético que te persegue desde o começo da sua vida, ou que pode surgir ao longo do tempo por mudanças normais no seu metabolismo.

Quais os sintomas da rinite alérgica?

A rinite alérgica geralmente causa sintomas semelhantes aos do resfriado, como espirros, coceira e nariz entupido ou escorrendo.

Esses sintomas geralmente começam logo após a exposição a um alérgeno.

Algumas pessoas ficam com rinite alérgica por alguns meses de cada vez, porque são sensíveis a alérgenos sazonais, como pólen de árvores ou grama. Outras pessoas têm rinite alérgica durante todo o ano.

A maioria das pessoas com rinite alérgica apresenta sintomas leves que podem ser tratados de maneira fácil e eficaz.

Mas, para algumas pessoas, os sintomas podem ser graves e persistentes, causando problemas de sono e interferindo na vida cotidiana.

Os sintomas da rinite alérgica ocasionalmente melhoram com o tempo, mas isso pode levar muitos anos e é improvável que a condição desapareça completamente.

Rinite alérgica é grave?

Visite um médico se os sintomas de rinite alérgica estiverem perturbando seu sono, impedindo-o de realizar atividades cotidianas ou afetando negativamente seu desempenho no trabalho ou na escola.

O diagnóstico de rinite alérgica geralmente será baseado nos seus sintomas e em quaisquer fatores desencadeantes que você possa ter notado.

Se a causa de sua condição for incerta, você pode ser encaminhado para um teste de alergia.

Saiba mais sobre o diagnóstico de rinite alérgica

Causas da rinite alérgica

A rinite alérgica é causada pela reação do sistema imunológico a um alérgeno como se ele fosse prejudicial.

Isso faz com que as células liberem uma série de substâncias químicas que fazem com que a camada interna do nariz (a membrana mucosa) fique inchada e produza muito muco.

Os alérgenos comuns que causam rinite alérgica incluem pólen (esse tipo de rinite alérgica é conhecido como febre do feno), bem como esporos de mofo, ácaros da poeira doméstica e flocos de pele ou gotículas de urina ou saliva de certos animais.

Rinite alérgica

A rinite alérgica apresenta sintomas que podem ser tratados para melhorar sua qualidade de vida. (Foto: www.chestlungcare.com)

Tratamento e prevenção da rinite alérgica

É difícil evitar completamente os alérgenos em potencial, mas você pode tomar medidas para reduzir a exposição a um alérgeno específico que você sabe ou suspeita que esteja provocando a rinite alérgica. Isso ajudará a melhorar seus sintomas.

Se sua condição for leve, você também pode ajudar a reduzir os sintomas tomando medicamentos de venda livre, como anti-histamínicos não sedativos, e enxaguando regularmente as vias nasais com uma solução de água salgada para manter o nariz livre de irritantes.

Consulte um médico para obter conselhos se você tentou seguir essas etapas e elas não ajudaram.

Eles podem prescrever um medicamento mais forte, como um spray nasal contendo corticosteróides.

Problemas adicionais da rinite alérgica?

A rinite alérgica pode levar a complicações em alguns casos. Esses incluem:

Pólipos nasais, que são sacos de líquido anormais, mas não cancerosos (benignos) que crescem dentro das passagens nasais e seios da face.

Sinusite, que é uma infecção causada por inflamação nasal e inchaço que impede a drenagem de muco dos seios da face.

Infecções do ouvido médio, que é infecção de parte da orelha localizada diretamente atrás do tímpano

Esses problemas geralmente podem ser tratados com medicamentos, embora a cirurgia às vezes seja necessária em casos graves ou de longo prazo.

Rinite não alérgica

Nem todos os casos de rinite são causados ​​por uma reação alérgica. Alguns casos são o resultado de uma infecção, como o resfriado comum; vasos sanguíneos hipersensíveis no nariz; e uso excessivo de descongestionantes nasais. Este tipo de rinite é conhecido como rinite não alérgica, e pode ser tão incômodo quanto a rinite alérgica.

A rinite alérgica tem tratamento, e isto pode contribuir muito para a melhora na sua qualidade de vida.

Se ainda tem alguma dúvida, deixem nos comentários suas perguntas!

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)