Se você tem um pai ou avô idoso, é provável que ele tenha tido uma infecção do trato urinário, ou ITU, em algum momento da vida.

Mas o risco de uma infecção do trato urinário é maior quando a pessoa está fragilizada, aumentando suas chances de delírio, hospitalização e morte.

Vamos explicar algumas coisas que você deve saber para ajudar os adultos mais velhos em suas vidas.

A confusão por si só não indica uma infecção urinária em idoso

Quando um adulto mais velho fica confuso, muitas pessoas – médicas e não médicas – presumem que uma ITU é a responsável.

Mas o envelhecimento aumenta a incidência de confusão e delírio, especialmente entre aqueles que estão com problemas cognitivos, deprimidos, desnutridos ou completamente dependentes.

O delírio pode ser causado por vários fatores, sendo o mais comum a desidratação

Bactérias na urina não são necessariamente um problema

Bactérias urinárias elevadas (bacteriúria assintomática) não causam sintomas e muitas vezes podem ser corrigidas aumentando a ingestão de líquidos.

A condição ocorre em cerca de 6 a 16 por cento das mulheres com mais de 65 anos, 20 por cento das mulheres com mais de 80 anos e 25 a 50 por cento das mulheres que vivem em instalações de enfermagem.

Os médicos não devem tratar bactérias urinárias com antibióticos, a menos que haja vários outros sinais ou sintomas de uma ITU. Isso pode estimular a resistência aos antibióticos e tornar futuras ITUs mais difíceis de trata.

A presença de bactérias resistentes a antibióticos na urina também aumenta o risco de complicações graves, incluindo infecção por C. difficile e morte.

Infecção do trato urinário

Em idosos, a infecção do trato urinário pode causar uma série de problemas, e o diagnóstico cedo pode ajudar no tratamento eficiente. (Foto: Velo Me)

Outros sintomas com infecção do trato urinário

Quando o médico do seu ente querido suspeitar de uma ITU, certifique-se de mencionar se esses sintomas também estão presentes:

Febre acima de 100,5 ° F ou 38 º C.

Piora na frequência ou urgência urinária

Dor repentina ao urinar

Ternura na parte inferior do abdômen, acima do osso púbico

Ter pelo menos dois dos sintomas acima, junto com uma cultura de urina positiva, confirmará uma ITU.

Problemas subjacentes às vezes podem causar uma infecção no trato urinário

Os adultos mais velhos podem ter outras condições que aumentam o risco de uma ITU ou que produzem sintomas semelhantes. Por exemplo, a obstrução da bexiga é o que geralmente causa infecções do trato urinário em homens mais velhos. Focar apenas na ITU pode mascarar esse sério problema subjacente.

Os adultos mais velhos não precisam de antibióticos poderosos para ITU

O tratamento para ITUs deve começar com antibióticos de espectro estreito. Essas drogas têm menos probabilidade de causar resistência aos antibióticos e efeitos colaterais problemáticos do que os antibióticos de amplo espectro. Hoje, a amoxicilina é comumente prescrita como tratamento de primeira linha para ITUs em adultos mais velhos.

Outro espectro estreito comum deve ser usado com cautela quando os pacientes têm doença renal crônica ou tomam medicamentos para pressão arterial, como muitos adultos mais velhos fazem; ou porque seus efeitos colaterais podem ser graves em adultos mais velhos.

Como ajudar seu ente querido a evitar infecções no trato urinário

Você dá ao adulto mais velho em sua vida suco de cranberry ou probióticos para prevenir uma ITU? Esses produtos não vão prejudicá-los, mas não está claro se eles vão ajudar. Não temos pesquisas suficientes para apoiar sua eficácia na prevenção de ITU, embora seus benefícios médicos não possam ser completamente descartados.

Em vez disso, é recomendável estas estratégias de prevenção testadas e comprovadas:

  • Ingestão suficiente de líquidos
  • Higiene genital e urinária

Pergunte ao médico sobre o creme vaginal de baixa dosagem para mulheres na pós-menopausa (para rejuvenescer a pele vaginal e apoiar a presença de bactérias boas)

Os pesquisadores também estão estudando D-Manose para a prevenção de ITU. O suplemento, que tem poucos efeitos colaterais, adere aos receptores da bexiga que normalmente atraem a bactéria E. coli geralmente responsável pelas ITUs.

Os pesquisadores também acreditam que a D-manose pode impedir que bactérias ruins colonizem o trato digestivo, que pode abrigar as bactérias responsáveis ​​pelas infecções do trato urinário nas mulheres.

Seguir essas dicas deve ajudar seu parente idoso a se manter saudável, produtivo e fora do hospital.

Ficou alguma dúvida? Deixem nos comentários suas perguntas e iremos responder!

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)