Fecaloma é também conhecido como obstrução do intestino. Um problema grave, pode causar até a morte do indivíduo que estiver sofrendo desta condição. Por isso, é importante consultar um médico quando você está apresentando sintomas deste problema, evitando que ele se agrave e possa ser necessária uma cirurgia.

O que é fecaloma?

Refere-se a uma massa de fezes acumuladas associadas à massa fecal. Fecalomas são geralmente encontrados na área do reto e cólon. A constipação crônica faz com que a obstrução mecânica evolua rapidamente no intestino delgado. A maioria dos fecalomas é tratada com sucesso por métodos conservadores, como laxantes, enemas e evacuação retal.

Quando os tratamentos conservadores falharam, a intervenção cirúrgica pode ser necessária. Um fecaloma é geralmente encontrado no cólon sigmoide ou reto, mas raramente no intestino grosso cego.

Apesar de a retenção fecal ser frequente e preocupante, o fecaloma é uma forma extremamente rara de impactação, em referência a um acúmulo de matéria fecal que forma uma massa separada de outros conteúdos intestinais.

Doença de Hirschsprung, doença de Chagas, doenças inflamatórias, doenças neoplásicas e doenças psiquiátricas, entre outras, também foram descobertas em pacientes que sofrem de constipação crônica.

Eles ocorrem mais comumente na área do reto e sigmoide; No intestino delgado, é incomum. Isso pode ser explicado pelo fato de que as fezes do cólon esquerdo são mais firmes do que as de outras áreas, porque o diâmetro do cólon é mais estreito à esquerda do que à direita.

Sintomas de fezes empedradas

Os sintomas de fecaloma geralmente são inespecíficos, incluindo o tipo de “transbordamento” de diarreia, constipação, perda de peso e desconforto abdominal após as refeições. A identificação destes sintomas, principalmente quando ocorrendo durante um longo período de tempo, deve ser comunicada imediatamente ao médico. Em pacientes idosos sob observação e cuidados, é necessário que o cuidador monitore as fezes e evacuação dos idosos para identificar possíveis complicações.

Fecaloma e suas consquências

O fecaloma é uma consequência e até causa da constipação, e precisa ser tratado com urgência ou pode levar à morte. (Foto: Quick and Dirty Tips)

Diagnóstico do fecaloma

O diagnóstico de fecaloma geralmente é feito radiologicamente quando a massa intraluminal característica é observada em radiografias simples, enema baritado ou TC abdominal.

Essas massas têm margens lisas e não estão aderidas à superfície da mucosa, movendo-se, portanto, dentro do lúmen intestinal. Complicações graves podem ocorrer a qualquer momento; tais como: obstrução do cólon, perfuração, ciática, obstrução uretral, hidronefrose secundária e trombose venosa profunda.

Tratamento do fecaloma

Comumente, os fecalomas podem ser tratados com métodos conservadores, como laxantes, enemas e evacuação digital (estimulação digital). No entanto, a intervenção cirúrgica pode ser necessária para a eliminação do fecaloma em alguns casos intratáveis. O diálogo com o médico irá ajudar na busca do melhor curso de tratamento, inclusive com soluções de longo prazo para evitar a constipação que possa causar o fecaloma. Melhoras para o longo prazo podem incluir uma alimentação mais rica em fibras, com o consumo de linhaça, por exemplo.

O acúmulo constante de fezes faz com que o intestino seja tampado gradualmente, de modo que seus sintomas comecem a ser sentidos progressivamente como: fadiga, dor abdominal aguda, fadiga e outros. O que torna necessário recorrer o mais cedo possível ao médico para evitar complicações posteriores que podem levar à morte.

Você tem problemas com a constipação? O que já faz para tratar o problema?

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)