Por que é que muitas pessoas experimentam dor nos joelhos, especialmente depois de longos períodos marcados por uma falta de movimento – por exemplo, depois de trabalhar no escritório o dia todo? Muitas podem ser as possíveis causas dessa condição mas, dentre elas, a gonartrose é a que vamos detalhar abaixo.

O que é gonartrose?

A gonartrose, que é uma doença articular, é uma das possíveis causas desse desconforto. Essa doença degenerativa geralmente se desenvolve à medida que as pessoas envelhecem, já que a tensão excessiva leva ao desgaste da cartilagem na articulação do joelho ao longo dos anos. Movimentos iniciais após longos períodos de deitado ou sentado tornam-se dolorosos, mas essa dor se dissipa após um curto período de tempo. À medida que a doença progride, no entanto, a dor nos joelhos se intensifica e começa a restringir significativamente a capacidade de uma pessoa se movimentar normalmente enquanto realiza suas atividades diárias. Embora a osteoartrite não possa ser curada, existem várias maneiras de tratá-la para que os níveis de dor sejam reduzidos e a progressão da doença seja retardada. Usar um suporte de joelho, por exemplo, alivia a tensão no joelho e estabiliza-o.

Causas da gonartrose no joelho

A cartilagem articular saudável desempenha uma função de proteção e proteção no joelho, protegendo-a contra movimentos e impactos. Essa cartilagem garante que os ossos da coxa e da perna não se esfreguem diretamente um no outro. É normal que a cartilagem se deteriore pelo desgaste como parte do processo natural de envelhecimento. Sob certas circunstâncias, no entanto, esse desgaste na cartilagem pode se tornar excessivo. A sobrecarga dos joelhos causada pelo trabalho físico pesado, participação em esportes competitivos ou excesso de peso, por exemplo, é uma possível causa desse desgaste excessivo da cartilagem. Outras causas incluem estresse mecânico inadequado devido a movimentos incorretos ao participar de esportes, bem como desalinhamentos articulares, como joelhos ou pernas arqueadas. Gonartrose também pode desenvolver como resultado de lesões articulares ou fraturas ósseas, no entanto. Além disso, os indivíduos com gota sofrem de depósitos de cristais de ácido úrico que se acumulam nas articulações, e se uma articulação do joelho for afetada por esse acúmulo, o tecido da cartilagem será danificado, o que pode levar à gonartrose.

O que significa ter gonartrose em diferentes estágios?

Uma condição de osteoartrite pode ser completamente livre de dor – e, portanto, muitas vezes permanecem despercebidas – por um tempo relativamente longo. Na maioria dos casos, o primeiro sintoma da gonartrose é a dor no joelho – inicialmente após um período prolongado de inatividade ou repouso. Movimentos iniciais depois de sentar ou deitar por um longo tempo parecem rígidos e doloridos. A dor só começa a diminuir depois de alguns minutos ou depois de alguns passos. Depois disso, o joelho pode ser movido livremente. Em alguns casos, um som de trituração ou rachadura pode ser ouvido na articulação do joelho quando é movido.

Conforme a doença progride, a dor torna-se cada vez pior e mais frequente. Essa dor no joelho torna-se mais intensa, especialmente quando os joelhos são expostos ao estresse por meio de esportes ou ao subir escadas. Em um estágio posterior da doença, até mesmo movimentos leves podem levar à dor que pode até persistir quando os joelhos estão em repouso.

O desgaste cada vez maior da cartilagem restringe cada vez mais a mobilidade da articulação do joelho, fazendo com que endureça. Nesse ponto, o joelho não pode mais ficar tão dobrado – e mais tarde ele não pode mais ser esticado completamente.

Se os danos da cartilagem forem suficientemente graves para que os ossos comecem a se esfregar uns contra os outros, é possível que a articulação se torne inflamada. A articulação do joelho, então, incha e a pele ao redor dela assumirá uma cor avermelhada e se sentirá quente ou quente ao toque.

No caso de gonartrose pronunciada, a articulação do joelho torna-se instável e pode se torcer sem aviso, o que faz com que a dor grave atinja a articulação. Quando tal dor ocorre, muitas pessoas intuitivamente tentam proteger o joelho evitando o movimento, mas isso é contraproducente porque a falta de movimento reduz o fluxo sanguíneo para a cartilagem, o que aumenta o nível de dano da cartilagem. Em casos graves, o joelho pode ficar rígido.

Gonartrose

A gonartrose é a artrose do joelho, e a identificação dos sintomas ajudará no tratamento apropriado do problema. (Foto: HHP)

Diagnóstico da gonartrose

Um médico deve ser consultado em caso de dor persistente ou recorrente no joelho. O médico pode fazer um diagnóstico de gonartrose ou de outro tipo de irritação no joelho, como artrite ou derrame articular. O médico certo para consultar em tais situações é um especialista ortopédico, que irá pedir-lhe numa consulta inicial para descrever os seus sintomas, quando eles começaram a ocorrer e quaisquer condições subjacentes que possa ter. Lesões prévias no joelho também podem desempenhar um papel no desenvolvimento de problemas no joelho. O segundo passo envolve um exame físico da articulação do joelho usando vários testes que permitem ao médico avaliar a mobilidade e a funcionalidade da articulação. Um diagnóstico confiável é geralmente feito por meio de imagens de raio X das áreas afetadas pela dor; no caso de osteoartrite, o desgaste extenso da cartilagem pode ser visto como um estreitamento do espaço articular. Ao mesmo tempo, o desgaste menos severo da cartilagem é difícil de discernir nas imagens de raios-X. Nessas situações, os médicos geralmente realizam uma tomografia computadorizada (TC) ou uma ressonância magnética (RM) após o exame radiográfico.

Tratamento da gonartrose: tem cura?

O dano da cartilagem não pode ser revertido. Isso significa que a osteoartrite infelizmente não pode ser curada, e é por isso que o tratamento se concentra principalmente no alívio da dor e no retardamento da progressão da doença.

Um tratamento conservador pode envolver um programa de perda de peso, uma mudança de hábitos para reduzir a tensão nos joelhos, a prescrição de medicamentos, um programa de exercícios de fisioterapia e o uso de produtos ortopédicos. Os apoios elásticos do joelho aliviam a pressão na articulação, enquanto os tratamentos térmicos geralmente aliviam a dor. Além disso, medicamentos anti-inflamatórios e analgésicos são usados ​​para prevenir a inflamação e reduzir os níveis de dor. Certos tipos de esportes, exercícios específicos e métodos de fisioterapia melhoram a mobilidade e fortalecem os músculos.

A cirurgia muitas vezes se torna necessária se os tratamentos conservadores falharem em produzir o resultado desejado. Existem procedimentos para a construção de tecido secundário de cartilagem no joelho. Isso pode reduzir o desconforto e, em alguns casos, eliminar completamente a dor. No entanto, a capacidade de carga da nova cartilagem não é tão grande quanto a da cartilagem antiga. A substituição articular artificial também é uma opção no caso de gonartrose grave.

Você tem ou conhece alguém que sofre de gonartrose? Qual foi a solução dada para o problema? Quais os efeitos dos tratamentos?

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)